Coisas que deves saber antes de viajar para Marrocos

Se estás a pensar ir a Marrocos, talvez devas saber algumas coisitas antes de desembarcar em terra Marroquinas.

1. Tem sempre dinheiro

Tem sempre dinheiro contigo, não esperes pagar ou comprar nada com cartão de débito ou crédito. O comércio local não aceita cartão. Devido ao fluxo excessivo de turistas nos últimos tempos, é provável que alguns restaurantes aceitem.

É de salientar que maior parte dos hotéis aceitam euros. Tu decides!

2. Câmbio de dinheiro

É proibido entrar ou sair de Marrocos com mais de 1000 dH (+/- 100€). Por isso se calhar não compensa trocares o dinheiro antes de embarcar. Nesse caso tens 3 hipóteses: Trocar o dinheiro no aeroporto em Marrocos, levantar dinheiro num ATM no aeroporto (atenção as taxas de transação no exterior) ou levar apenas o suficiente para pagar o táxi até o hotel e trocas o dinheiro na Medina (sem dúvida a melhor opção).

3. As mulheres devem respeitar o “Dress Code” do país

O nosso primeiro dia em Marrocos foi bastante constrangedor, estávamos em Fès (cidade mais conservadora que Marrakech, por exemplo). A Pipa estava de calções, todos olhavam e comentavam, não sabíamos até que ponto era ofensivo ou não, mas acabava por ser desconfortável. Portanto, a expectativa é que as mulheres se vistam de forma conservadora.

_V4B2107-2

4. Que lingua falar?

Se falas Francês, és capaz de te safares bem em Marrocos. Os marroquinos falam muito pouco o inglês ou até mesmo o espanhol. Francês e o Darija (Árabe Marroquino) são as línguas mais faladas em todo o país. Prepara-te para fazer muitas mímicas 🙂

_V4B4568-2-1

5. Leva sempre moedas e cigarros contigo

Até podes nem fumar, mas eles fumam. Prepara-te para “largar” muitas moedas ou cigarros em troca de TUDO! Queres tirar uma foto? MOEDA!!! Deram-te indicações de como chegar algures? MOEDA!!! Em Marrocos não podes ter mãos largas, ou verás o teu dinheiro desaparecer rapidamente.

Se o táxi der 6dH seguramente pagarás 10dH (aconteceu-me em Fès). Em cidades como Marrakech por exemplo, os taxistas discutem o preço da viagem antes de te levarem a qualquer lado, isso porque nem sequer ligam o taxímetro.

_V4B2065-1

6. A mão esquerda é considerada “suja”

A cultura deles dita que só podes utilizar a mão esquerda quando vais a casa de banho por exemplo. Ou seja, quando estiveres em público deves evitar comer com a mão esquerda. Também deves ter cuidado ao cumprimentar as pessoas e nunca utilizar a mão esquerda.

_V4B4343-1

7. Mantém-te “online”

Os cartões de telemóvel em Marrocos são extremamente baratos e compensam mais do que usar os dados do teu país. Recordo-me bem que comprei um cartão por 100dH (10€) com chamadas e 3GB de net para utilizar durante o mês. Estive lá 9 dias e os dados esgotaram-se ao fim de 7 dias porque estava constantemente a utilizar o GPS. Mas recarreguei com 5€ e pow! Back online!

8. Bebidas alcoólicas são difíceis de encontrar e são caras

Quem me conhece sabe que gosto de beber o meu copito socialmente 🙂 Em Marrocos deparei-me com a dificuldade extrema de conseguir beber uma cerveja. Só o consegui fazer no hotel e mesmo assim o preço que pagas não compensa de todo.

9. A fotografia não é tão bem vinda

Tem cuidado quando fores fotografar. Os locais ficam extremamente desconfortável quando veem uma câmera apontada para eles. Por isso o melhor será pedir permissão antes de tirar fotos onde as pessoas apareçam.

_V4B2716-14

10. Vais te perder na Medina

As Medinas de cidades como Marrakech e Fès possuem milhares de ruas estreitas e muito parecidas. Encontrar turistas perdidos é algo comum. Eu aconselho alguma precaução pois estar perdido nesses locais podem atrair carteiristas e falsos guias.

Esses falsos guias são apenas locais que se oferecem para te levar aos sítios e depois cobram-te imenso dinheiro quando lá chegam. Mesmo quando dizes que sabes o caminho, livrar-te deles pode ser extremamente difícil. A melhor opção será chamar a polícia.

_V4B2704-4

11. Não pagues o preço pedido

O comércio local não é como em Portugal. Os produtos não têm preço, ou seja, tens que regatear com o vendedor. Por experiência própria, sempre que me pediam por exemplo 100dH eu oferecia metade (50dH). Ao fim de um tempo acabava por ficar nos 65 ou 70dH.

Atenção que esse tipo de negociação depende do artigo que está a ser comprado. Mas por norma a negociação começa sempre por cima 🙂

Sigam-nos no IG:

    @vikinhu     @pabloceazar

 

 

 

Advertisements